Parque Estadual Terra Ronca

Imensas e maravilhosas cavernas são as principais atrações turísticas do PETER, o Parque Estadual de Terra Ronca. É o maior conjunto espeleológico das Américas.

Situado nos municípios de Guarani de Goiás e São Domingos, no nordeste goiano, o Parque Estadual de Terra Ronca (PETER), criado em julho de 1989, possui uma área de aproximadamente 57 mil hectares.

Distância de 600Km de Goiânia, 400Km de Brasília, 300Km de Alto Paraíso, 200Km de Luis Eduardo Magalhães (BA).

Externamente, preserva três grandes ecossistemas brasileiros – o cerrado, os gerais e uma zona de transição para a floresta amazônica, margeados pela Serra Geral de Goiás e o Vale do Paraná. Internamente, apresenta um fantástico, grandioso e misterioso mundo subterrâneo, formado por dezenas de quilômetros de cavernas e grutas, galerias, salões, clarabóias e passagens, ornamentado por belíssimas esculturas naturais e recortado por rios e cachoeiras subterrâneos.

Um espetáculo da natureza!

Por ser um dos maiores complexos de cavernas da América Latina, o PETER é o mais significativo representante do sistema geológico BAMBUI, com idade entre 500 e 600 milhões de anos.

A formação do complexo espeleológico se deve à ação dos diversos rios que nascem nas grandiosas veredas da Serra Geral, correm e se avolumam sobre os maciços de quartzito e acabam formando uma série de cavernas ao encontrar o maciço de rochas calcárias no coração do Parque.

São vários os sistemas de grutas, que têm em comum a beleza espeleotemática e os rios subterrâneos.

Lá existem cavernas para todos os passeios. Aquelas que exigem alto nível técnico, só possíveis de serem exploradas por espeleólogos experientes e bem equipados e outras de fácil acesso, abertas a visitação ecoturística.

Ainda pouco conhecido e explorado, o PETER proporciona fantásticos e inesquecíveis passeios. Os clássicos são: complexo Terra Ronca (3 cavernas, passando por belas clarabóias até o Salão dos Namorados – o 4º. maior salão do mundo); Cavernas São Matheus (consideradas a mais bonitas do país); Caverna Angélica; Caverna Bezerra; Caverna São Vicente e Caverna São Bernardo.

Todas elas são adentradas por rios, proporcionando aos turistas inesquecíveis banhos, inclusive em cachoeiras subterrâneas. A prática de esportes de aventura como rappel, escalada, cannionismo, trekking e bóia-cross, resguardadas as normas de sustentabilidade e segurança, são bem-vindas. Encravado no Cerrado selvagem ainda preservado do nordeste goiano, além das cavernas, oferece belíssimas e imensas veredas, rios cristalinos, cachoeiras, fauna e flora preservada.

O Povoado São João, situado no coração do Parque, é uma bucólica vila habitada por população tradicional. Gente simples e hospitaleira. Ali moram os guias, credenciados e experientes, responsáveis por tornar os passeios seguros e ricos em informações. O cenário é o das narrativas de Guimarães Rosa. Não é a toa que no PETER foi gravada a série global Grande Sertão Veredas, há mais de 20 anos.